16 de Out, 2018
Os atletas estudantes internacionais aos olhos dos americanos

Como são vistos os atletas estudantes internacionais nos Estados Unidos?

Não é segredo que mudar para um novo país onde as pessoas têm costumes e culturas diferentes é um grande desafio. Principalmente para os jovens atletas estudantes que pretendem tirar a licenciatura nos Estados Unidos com uma bolsa de estudos desportiva. Muitas vezes, há grande ansiedade perante a dúvida de como esses atletas serão vistos e tratados pelos seus colegas americanos ao chegar à nova universidade.

Para ajudar-te a perceber mais sobre como é essa experiência, perguntámos aos nossos atletas que estão a jogar e estudar em universidades de diferentes estados na terra do Tio Sam, como tem sido a experiencia deles com relação a este assunto.

MANUEL SILVA (Onondaga Community College Nova York): Sendo o único atleta-estudante português na minha universidade, posso dizer que sou bem visto aqui, os professores gostam de mim e da minha personalidade, na equipa gostam de mim por ser divertido, mas também por trabalhar sempre ao máximo e assim obrigo os meus colegas a trabalhar mais e melhor para obtermos melhores resultados. Gosto da curiosidade que tem em conhecer melhor a cultura portuguesa e também adoram mostrar parte da cultura deles e isso para mim é muito bom.

Equipa da Onondaga University, onde joga e estuda o nosso atleta estudante Manuel Silva


SIMONE SIMAS (Southern Arkansas University Arkansas): Todos os atletas/estudantes são muito bem vistos pelo facto de serem apoiados pela Universidade, na medida em que ajudam bastante na conciliação das duas atividades. Os internacionais, não são exceção, sendo vistos com entusiasmo.

Simone com colegas de todas as partes do mundo


MARCO MONTEIRO (Camden County College New Jersey): Os atletas-estudantes portugueses são muito bem vistos. As pessoas aqui gostam dos atletas-estudantes de outros países porque acham que fazemos um grande sacrifício ao vir para outro país, então ajudam-nos muito e apreciam-nos muito.

Marco junto de seus companheiros de equipa da Camden County College
footer-top